15/03/2011

Essa não é uma história de amor.

 Uma comédia romântica pouco  previsível. O narrador inicia o filme avisando: essa não é uma história de amor.  Antes que mais alguém se decepcione, 500 Days of Summer é um filme desprentesioso e por isso mesmo encantador. 
Imagina um filme romântico sob olhar masculino, com linguagem de videoclipe e narrativa não linear. Prato cheio para quem ama filminhos de amor, mas anda cansado de tantos clichês.
Tom (Joseph Gordon-Levitt) é um escritor de cartões comemorativos que sonha ser arquiteto e se apaixona por Summer (Zooey Deschanel), uma garota que não acredita no amor.


500 dias com ela (título no Brasil), com direção de Marc Webb, é um romance divertido, irônico, cheio de diálogos inteligentes. 
A trilha sonora é ponto alto do filme. Daquelas que guiam a história e que grudam na sua vida pra sempre (chuva de prata para The Smiths!).  Aplausos para a produção de moda e a direção de arte.

Trilha aqui . Divirta-se! :)          

Summer: I love The Smiths
Tom: Sorry?
Summer: I said I love The Smiths. You… You’ve got a good taste of music.
Tom: You like The Smiths.
Summer: "To die by your side is such a heavenly way to die." 
Tom: Holy shit..



A Rolling Stone selecionou o filme entre os 10 melhores de 2009. Um de seus editores, descrevendo o filme: "Garoto conhece garota, garoto perde garota. Foi feito para a morte emo. Por isso, o sublime inteligente-sexy-alegre-triste (500) Days of Summer bate como um sopro de oxigênio romântico puro.” Resenha da revista aqui e aqui.

Tom: What happens if you fall in love?
Summer: Well, you don't believe that, do you?
Tom: It's love. It's not Santa Claus.





Para quem não assistiu, lá vai o trailler:



Por Melina Romariz

Um comentário:

  1. gostei muito do filme..
    me emocionei bastante!

    ResponderExcluir