12/01/2011

Loucurinhas e outros achados de viagem

Vamos combinar, viagem é pura inspiração! Foi pensando nisso que escolhi o tema do meu primeiro post: experiências de viagem que mexem com nossas referências, idéias, sentidos.
Como super acredito que autenticidade inspira, resolvi unir as duas pontas 
viagem + autenticidade. E quando falo aqui em autenticidade, me refiro ao inusitado. E assim escolhi dois cantinhos que amo, com fartas pitadas de transgressão, confusão, sujeirinha, bagunça... loucurinhas que nos tiram do tédio. E nesse mundinho calcinha bege que vivemos, precisamos tantooooo disso tudo!


# Destino Um: Berlim



Cantinho loucurinha: O bairro agradável de Prenzlauer Berg. Região ex-berlim oriental, área super descolada, concentra jovens, estilistas, artistas, a galera hype.
O que encontrar: Brechós, brechós e mais brechós, especialmente na avenida Kastanienallee. Nessa região respira-se intensamente a vibe cool, livre e autêntica da cidade. Vale sentar em um dos cafés e ver os tipos mais interessantes circularem, incluindo punks, as tribos modernetes com look militar e afins.
Bônus track: Para quem curte power transgressão, sugiro a região de Kreuzberg e suas lojinhas bagunçadas, repletas de artigos anticapitalistas, punks, mil doideiras. 

# Destino Dois: Londres


Cantinho loucurinha: Brick Lane, East london. Um dos lugares mais incríveis que já conheci. Uma mistura do que há de mais cool, confuso e diverso.  Super caldeirão cultural, une  londrinos naipe blasé sartorialist com imigrantes indianos e vietnamitas.
Brick Lane é uma rua conhecida pela concentração de restaurantes indianos bem simples. Nos fins de semana rolam vários mercadinhos de moda e de comidinhas esquisitas em galpões. Circule pela rua toda e verá que metade dela é 100% indiana e metade 100% tudo (de galerias de arte a padarias furrecas). 
Mas o melhor não são as lojinhas que você encontrará e sim as pessoas que circulam pelo east london. Em bricklane chovem paparazzis blogueiros de moda de rua clicando. Divertidíssimo.
Vale dar um pulo na loja de música Rough Trade, no café 1001 e na clássica Beigel Bake. Bem pertinho fica o Old Spitalfield Market, mercado com mix bacanudo de moda, objetos e comes.  Por fim, imperdível: Kingsland Road. A meca dos restaurantes vietnamitas. Escolha o seu: arrumadinho ou pé no chão, a experiência será incrível (toc toc). 















































Por Melina Romariz

4 comentários:

  1. Brick Lane eh sucesso!! Lugares como "93 feet east" e "The brick house" recomendo para dancar uma boa musica e comer com estilo . E se puder uma esticadinha por Old Town ou Islington ...dois bairros em Londres com mesmo a mesma vibe , frequentado por pessoas de espirito cool , alternativo e diferente.

    Daniela Salem

    ResponderExcluir
  2. como é uma loja anticapitalista?

    ResponderExcluir
  3. Tici, tipo blusa do che, livreto de Marx, bandeirinhas, botas velhas e surradas, adesivos esquerdistas em geral! :))) Quer? Quer? Smack

    ResponderExcluir